Minicurso 6 Atuação do Serviço Social na construção de uma educação antirracista

Sessões: 16 e 17 de dezembro

Autores

  • Luana Atanazio de Moraes (UFRJ)
  • Camila Nogueira Chaves Mesquita (UFRJ)
  • Sheila Dias Almeida (UFRJ)

Palavras-chave:

Serviço Social, Educação, Racismo

Resumo

Este minicurso visa promover a reflexão crítica em torno da questão etnico-racial, do fenômeno do racismo e suas implicações no trabalho do assistente social que atua na área da educação - da Educação Básica ao Nível Superior-, levando em conta a expansão da requisição deste profissional para esta política nas últimas décadas.
Na escola, o racismo impacta na construção da subjetividade e na constituição dos modos de se relacionar, afetando o processo de ensino e aprendizagem e contribuindo para questões de autoestima, conflitos e violências, infrequência e evasão escolar. E geralmente é nesse momento que o assistente social é chamado a intervir.
Já no Ensino Superior, cabe destaque para as políticas afirmativas, como a Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012), que possibilitou a entrada significativa de estudantes negros em universidades. Tais políticas impulsionaram também a presença de docentes e pesquisadores negros em universidades públicas e privadas.
No que se refere à faculdade de Serviço Social, cabe observar como a discussão sobre a questão etnico-racial se insere na formação de novos profissionais, bem como a representatividade negra no corpo discente e docente.
A proposta está articulada com o eixo Política Social e Serviço Social, definido pela Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) e visa apresentar conceitos e fomentar reflexões que incentivem a promoção e a intensificação de ações de combate ao racismo no cotidiano profissional, ampliando a percepção sobre as diversas expressões do racismo e possibilitando uma intervenção que não reproduza discriminações e preconceitos.

Principais tópicos do curso:
- A história do negro no Brasil;
- Preconceito, discriminação, racismo e injúria racial;
- A questão etnico-racial na política de educação: avanços e retrocessos;
- A questão racial na formação do assistente social ;
- Racismo institucional e a (o) assistente social negra (o);
- O papel do Serviço Social na construção de uma educação antirracista: reflexões sobre a atuação na Educação Básica;
- O papel do Serviço Social na construção de uma educação antirracista: reflexões sobre a atuação no Ensino Superior;
- Mapeando a ambiência racial em sua instituição (atividade)

Metodologia de ensino:
O minicurso será oferecido de maneira remota, com a apresentação de conteúdos e vídeos, e a possibilidade de interação entre os participantes. Ao final do minicurso, os cursistas serão convidados a refletir sobre como a questão etnico-racial atravessa o seu cotidiano de trabalho/ acadêmico com o desenvolvimento de uma atividade.

Referências Bibliográficas
ALMEIDA, Silvio Luiz de. O que é racismo estrutural? Belo Horizonte (MG): Letramento 2018.
CFESS. Racismo. Série Assistente Social no combate ao preconceito. Caderno 3, Brasília (DF), 2016.
EURICO, Marcia, Campos. A percepção do assistente social acerca do racismo institucional. Serviço Social e Sociedade. 2013.
GOMES, Nilma Lino. O movimento negro educador. Saberes construídos na luta por emancipação. Petrópolis (RJ): Vozes, 2017.
MARTINS, Tereza Cristina Santos, SILVA, Nelmires Ferreira da, (orgs). Racismo estrutural, institucional e Serviço Social – São Cristóvão (SE) : Editora UFS, 2020.
MOREIRA, Adilson. Racismo recreativo. Pólen Livros, 2019.
RIBEIRO, Djamila. Pequeno Manual Antirracista. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.
________________. Quem tem medo do feminismo negro? São Paulo: Companhia das Letras, 2018.
ROCHA, Roseli. F. A Questão Étnico-racial e as Políticas de Ação Afirmativa: contribuição para o debate no Serviço Social. In: Anais - XII Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social, 2010.
SPIGOLON, Nima I., NETO, Nicola José Frattari, Patrícia Costa Ataide, Rosa Betânia Rodrigues de Castro. Tambores, Urucuns e Enxadas - práticas e saberes contribuindo para a formação humana.. Ituiutaba: Barlavento, 2019.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

LISTA DE INSCRITOS CONFIRMADOS

Adriana Cardoso Andre
Adriana Rodrigues Soares
Aldiane valeria paixão pereira da Silva
Alessandra Ferreira Mota
Aline Miranda Cardoso
Ana Claudia Gama
Ana Paula Gil Rodrigue
Ana Paula Pires Lourenço
Ana Paula Salomé
Ana Paula Uchida de Carvalho
Bárbara Fantin Rammé
Bárbara Pereira Brito
Bruna de Oliveira da Silva Antunes Gomes
Bruna Michele Barbosa
Carolina Barros Santos Farias
Charles Vieira de Araújo
Cila Ferreira Portugal Ramos
Claudemir Osmar da Silva
Dallila Januário de Jesus
Daniele Cristina Barbosa de Sousa
Dayse Laurindo Nogueira
Denise Gonzaga Cardozo de Oliveira
Deysiene Cruz Silva
Douglas Alves dos Santos
Edileusa da Conceição Cilindro
Elizabeth Gomes Da Silva
Ellen Cristina da Silva
Fabiana Santos da Silva
Géssica Bezerra Marques Reis
gicelia almeida da silva
Joyce Santos
Juliana Costa
Juliana Desiderio Lobo Prudencio
juliana prudente de melo
juliana prudente de melo
Julie Regine Cassoni Ojeda
Leticia Fernandes Carioca
Luciana dos Santos de Lima
Michele domingos luiz.
Mirta Cibeli Duarte Rodrigues
Pâmela Rocha Nascimento
Raíssa Alexandra Brandão
rosana andrade do carmo
Scarlet Cristina Oliveira Silva
Solange Augustinho da silva
Taís Aparecida Gomes Cruz Da Silva
Tamara Aguiar
Thais Nascimento Domingos Salcedes
Vanessa Carla Neckel
Wendy Lorrayne da Costa Lima Oliveira

Biografia do Autor

Camila Nogueira Chaves Mesquita (UFRJ)

Doutoranda em Serviço Social pelo PPGSS/UFRJ. Possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010) e mestre em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012)- Programa de Pós- Graduação em Serviço Social (PPGSS/UFRJ). Atua como assistente social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, lotada na Divisão de Apoio ao Estudante (DAE/PR-7). Integrante- colaborador do Núcleo de Mapeamento e Articulação em Ruptura - o Serviço Social na Assistência Estudantil (NUMAR). Integrante do Núcleo de Pesquisa e Estudo sobre Políticas Públicas, "Questão Social" e Serviço Social (NUPEQUESS). Foi integrante do Núcleo de Estudos sobre os Fundamentos do Serviço Social na Contemporaneidade (NEFSSC)- 2008- 2012. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social, atuando principalmente nos seguintes temas: projeto profissional, auto-imagem profissional, imagem social, formação profissional, educação, assistência estudantil, pesquisa e produção de conhecimentos em Serviço Social.

Sheila Dias Almeida (UFRJ)

Professora da Universidade Federal de Ouro Preto. Assistente Social, formada pela Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeito (PPGS/ ESS/UFRJ. Mestre em Serviço Social pelo programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSS/ESS/UFRJ). Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase nas áreas de políticas sociais, relações raciais e de gênero. Atuando principalmente nos seguintes temas: a dimensão cultural dos processos de construção de identidades coletivas; movimentos sociais,urbanos e rurais, suas relações com o Estado e o mercado; cultura política, ações coletivas e as instituições;participação popular nas esferas de poder e a cidadania; bem como as relações de classe, violência de gênero, raça e trabalho.

Publicado

2021-03-05

Lista

Seção

Minicurso